O CRC é um espaço de diálogo entre cristãos de diferentes sensibilidades, e entre cristãos e não cristãos.

4 de dezembro de 2006

CRISTIANISMO E ISLAMISMO - NOVOS DINAMISMOS

Comentário de José Leitão sobre o último colóquio do CRC, publicado no seu blog:

(...)
Ficou claro para todos o lugar de relevo que o Alcorão atribui a Jesus, filho Maria, Profeta, Verbo de Deus e Messias, concebido virginalmente por Maria, mas que não é Deus, não foi crucificado, nem morto, mas Deus elevou-o para Ele.
O Alcorão e as tradições islâmicas têm afinidades com as narrativas sobre Jesus dos Evangelhos canónicos de Mateus, Marcos e Lucas, manifestando também ecos de Evangelhos apócrifos.
Particularmente interessante, e diria mesmo perturbante, foi a intervenção e o testemunho da mais notável teóloga muçulmana portuguesa, da corrente xiita ismaili, Faranaz Keshavjee do seu encontro com o Jesus muçulmano. (...)

1 comentário:

Ricardo disse...

É exatamente deste erro que falo... Não há como crer em Jesus, sem crer que Ele é o filho de Deus... As escrituras atestam que de modo nenhum seremos salvos se não crermos nas suas palavras quando ele disse EU SOU...